Como lidar com a síndrome de Burnout

Sabemos o quanto é difícil ser equilibrar emocionalmente depois de certos baques que levamos na vida, mais podemos resgatar isso novamente e viver bem consigo mesmo.

É importante buscar maneiras de saber lidar como o cansaço e estresse excessivo do trabalho, não é somente desanimo isso pode ser muito mais do que um simples cansaço. Você sabe o que é Síndrome de Burnout?

Popularmente conhecida como Síndrome do Esgotamento Profissional.

Neste post vamos explicar detalhadamente o que é Síndrome de Burnout e como você deve fazer para prevenir e tratar caso esteja passando por esse problema.

Afinal, o que é Síndrome de Burnout?

Síndrome de Burnout é uma doença conhecida pelo o estresse e esgotamento profissional, prejudica a pessoa em aspectos físicos e emocionais.

Em 1974, o psicólogo americano Freudenberger mencionou essa doença pela primeira vez na literatura médica e descreveu os sintomas que ele e seus colegas estavam experimentando.

Depois de mencionada, algumas pesquisas foram feitas sobre o assunto. Hoje, a doença é facilmente encontrada na CID-10 (Estatística e Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde), mais precisamente, no grupo 5.

A doença afeta pessoas que enfrentam problemas graves na vida profissional e pessoal. Principalmente aqueles que demoram duas horas. Segundo pesquisa da Isma-BR (Associação Brasileira de Gestão do Estresse), a síndrome atinge aproximadamente 33 milhões de brasileiros.

Você sabia que é muito comum ter pessoas viciadas em trabalho? Porém algumas profissões já tem a pré disposição de adquirir a síndrome de Burnout, justamente pelo o estresse e pressão característica do trabalho.

Podemos mencionar como estas profissões:

  • Os profissionais da linha de frente em combate ao Covid-19 em geral;
  • Area da saúde;
  • Policiais;
  • Advogados;
  • Oficiais de justiça;
  • Bancários;
  • Atendentes de telemarketing;
  • Dentre outras.

Devido a função desses profissionais eles acabam ser esforçando muito no trabalho, não relaxando e adquirem esse problema. Sabe aquela sensação de alerta o tempo inteiro? Quando você não consegue desligar? Sensação de exaustão e cansaço?

Cuidado, você estar sofrendo da Síndrome de Burnout.

Frequentemente, o esgotamento também está relacionado ao fato de as pessoas estarem engajadas em trabalhos que exigem muito trabalho, o que as torna perfeitas demais.

As crescentes demandas de si mesmo e de seus superiores têm, em última análise, um impacto negativo na vida pessoal e profissional.

No caso das mulheres, vale a pena mencionar que a maioria das mulheres acaba sendo afetada pela dupla jornada de trabalho: no trabalho, na fala correta e nas demais tarefas domésticas (deveres da mãe, da esposa, do aluno, etc.).

O que desperta a Síndrome de Burnout?

Esse tipo de problema é um distúrbio que acontece quando o seu trabalho em excesso acaba ser transformando em ansiedade, estresse e nervosismo intenso.

Onde o indivíduo de modo em geral é levado ao limite, seja ele físico ou emocional acaba ser abalando, deixando a pessoa desmotivada, sem animo, esgotada e extremamente cansada para fazer qualquer tipo de coisa.

Não é muito difícil encontrar pessoas que sofram deste problema, grande maioria delas sofrem de depressão, insônia e crise de ansiedade. Porém o tratamento vai contornar a situação ser for feito assim que o problema é diagnosticado.

A Síndrome de Burnout não estar relacionada somente ao ambiente de trabalho, qualquer situação que exponha a pessoa ao extremo pode desencadear o problema.

Síndrome de Burnout estar relacionada ao esforço mental, físico e emocional, seguido por poucas horas de sono, pouco descanso consequentemente falta de concentração.

Fazer tudo ao mesmo tempo, sem um momento para descontrair, suga as suas energias e faz com que a Síndrome de Burnout apareça.

Além disso, outro estudo mostrou que pessoas muito empáticas são mais propensas a sofrer de síndrome de burnout. Isso porque eles compartilham por você toda a carga emocional dos outros, o que é uma prática ruim. A dor da outra parte eventualmente os torna excessivamente preocupados e emocionais.

Sintomas da Síndrome de Burnout

  • Agressividade;
  • Irritabilidade;
  • Distúrbios do sono;
  • Insônia;
  • Desesperança e apatia;
  • Falta de apetite;
  • Dificuldade de concentração;
  • Alterações de humor;
  • Dores de cabeça com frequência;
  • Dores nos músculos;
  • Irritabilidade exagerada;
  • Isolar-se do mundo e das outras pessoas;
  • Perda de prazer;
  • Baixa autoestima;
  • Maior suscebilidade a doenças – Baixa imunidade.

Normalmente as pessoas que vem sofrendo com este problema ser tornam tristes, sem vida, frias, irritadas o tempo inteiro, sem paciência para nada e nunca vêm o lado bom da vida, são pessoas que buscam negatividade o tempo inteiro.

Se você vem sofrendo ou notou no seu colega algum dos sintomas listados é importante procurar ajuda de um psicólogo e conversar com o mesmo, pois ele vai te ajudar a identificar determinada condição.

Como prevenir a Síndrome de Burnout?

Como prevenir a Síndrome de Burnout

Sabemos o quanto é difícil lidar com os problemas diários e continuar com o dia bem, prevenir a mesma será através de algumas ações bem simples que farão toda a diferença na sua vida.

Confira as dicas de como prevenir a Síndrome de Burnout:

  1. Pratique atividade física, pois será através dos exercícios que você vai liberar a tensão que vem vivendo, além de proporcionar uma rotina de vida mais saudável;
  2. Alimente-se adequadamente! Uma alimentação rica em nutrientes, vitaminas e fibras é importante para que você proporcione ao corpo exatamente aquilo que ele precisa;
  3. Tire um momento de lazer, sabemos que trabalhar é prazeroso! Porém precisamos dar um descanso a mente;
  4. Se cobre menos, não busque perfeição, porque ninguém é perfeito! Esteja ciente que você pode cometer erros;
  5. Pegue leve, tente trabalhar de maneira organizada, faça uma agenda e defina as suas prioridades;
  6. Se chegou ao extremo e você ser sente a ponto de explodir, converse com o seu gestor imediato! Peça as suas férias ou dia de folga é tire para descansar;
  7. Cultive as relações saudáveis, as vezes conversar alivia o que estamos sentindo! Se você tem aquela amizade no trabalho que confia, tire um momento para desabafar, colocar a conversa em dia, isto irá lhe fazer muito bem;
  8. Um exercício muito recomendado para tratar os níveis de estresse é YOGA e MEDITAÇÃO. Se você ainda não é adepto a prática, pode experimentar, através da técnica você vai aprender a controlar o seu estresse e o seu emocional.

Lidar com pessoas que sofrem deste problema é fácil, tente desviar de assuntos que falem de trabalho e sobrecarrega a pessoa, é importante que ela entenda que estar passando por um problema e faça o tratamento, para que recupere de volta a qualidade de vida.

O que você já conhecia sobre a sindrome de burnout ? Comente abaixo.

Tags:

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

×